Canela, tudo de bom!!!

Olá, tudo bem por aí?  Espero que sim.

Estamos no inverno e é sempre bom aproveitarmos um pouquinho mais da canela, seu  aroma perfumado, doce e quente faz dela uma especiaria perfeita para os meses de frio nas bebidas quentes.

Canela é uma especiaria obtida a partir da casca interna de várias espécies de árvores do gênero Cinnamomum (família Lauraceae), entre essas espécies temos: Cinnamomum verum, conhecido pelo nome comum de canela verdadeira cujo sinônimo conhecido  Cinnamomum zeylanicum, espécie de pequenas árvores  perenifólias da família Lauraceae, nativa do Sri Lanka mas talvez você não saiba que a maioria da canela em pó  que circula no comércio nacional e internacional é derivado de espécies relacionadas , Cinnamomum cassia, a “cassia”. Veja abaixo a foto das duas canelas.

Agora vamos falar um pouquinho na dúvida no momento  de comprar o óleo essencial  canela, qual a melhor opção folha ou casca?? As duas espécies citadas Ciannamomum zeylanicum ou Cinnamomum cassia podem ser extraídos os óleos essenciais da casca e da folha, a espécie não irá interferir tanto no odor em si, mas a grande confusão está  quando algumas pessoas compram um óleo essencial de canela esperando o odor similar da canela que conhecemos no dia a dia mas infelizmente optam pelo óleo essencial de canela folha com certeza terão uma decepção, pois o óleo essencial  de canela folha é rico em Eugenol que lembra óleo de cravo, então fica a frustração da compra do óleo errado?!

Mas aqui o importante salientar que no óleo essencial de canela  temos os componentes: Cinamaldeído e Eugenol sendo que no óleo de canela folha predomina o eugenol e no canela casca predomina o Cinamaldeído que confere o odor mais próximo da canela…então se você quer o óleo essencial com mais próxima do odor da canela que conhecemos no dia a dia opte pelo óleo essencial de canela casca, OK

Abaixo as principais propriedades do óleos essencial de casca e da folha.

 O.E Canela Casca, indicado para: combate de infecção intestinal e diarreia, redutor da celulite, flacidez, proporciona equilíbrio emocional, desinibe. Link

O.E. Canela Folha, indicado como: analgésico, anti-inflamatório , artrite, fibromialgia , tendinite, indicado para pessoas distantes auxilia superar o isolamento. Link

 Até breve, Inês Martins

Oliveira e suas propriedades do bem

Olá Pessoal , tudo bem? Começamos 2018 falando das oliveiras.

A oliveira é uma árvore que representa vida e esperança. Foi um ramo de oliveira que, no dilúvio o pombo trouxe à Noé para dizer que a água já teria baixado. Seu nome científico é Olea europaea L. Esta árvore é nativa do leste do mar mediterrâneo e dela obtemos o azeite e a azeitona.

O que faz das oliveiras ter tantas propriedades especiais como:  ação antialérgica, anti-inflamatória e antioxidante.

É também hipotensor, febrífugo, espasmódico, diurético, hipoglicemiante. As principais fontes dos benefícios da oliveira são tiradas das suas :  folhas, da azeitona e de seu derivado o azeite (óleo).

As folhas da oliveira: Devido a sua ação antioxidante, o uso das folhas é capaz de aumentar imunidade, melhora o estresse e a fadiga. Tem uma alta concentração de fibras e por isso minimiza os problemas como a prisão de ventre. A sua propriedade antioxidante também ajuda o metabolismo a queimar gordura, contribuindo para o emagrecimento, caso você não saiba as folhas de oliveira possuem 3x mais minerais como: cobre, fósforo, magnésio, manganês, selênio e zinco, se comparado ao chá verde.

A Azeitona  é o fruto da oliveira, mundialmente utilizado na culinária como ingredientes para diversos pratos. A Oliva como também é conhecido ajuda na saúde ocular e prevenção do câncer. Seu consumo ajuda principalmente quem deseja prevenir as doenças do coração, pois o ácido graxo presente colabora para o aumento do bom colesterol.

O azeite de oliva é basicamente o óleo obtido diretamente da azeitona (ou suco oleoso da fruta), sem o uso de solventes na extração, que passa por um minucioso e complexo processo até dar origem ao produto final, que jamais terá um sabor único, uma vez que cada tipo de azeitona vai produzir um azeite diferente, podendo ser mais ou menos amargo, adocicado, picante, suave e etc.

E no mundo cosmético aonde entra o óleo (azeite de oliva) para quem não sabe,  as mulheres egípcias já se beneficiavam dos efeitos do azeite de oliva para os cuidados com a pele, e desde então surgiu o primeiro sabonete, misturando azeites, essências e cinzas. Já os gregos o utilizavam para massagens, confiando em seu poder para aumentar a beleza e a virilidade.

Abaixo algumas maneiras de utilizar  no seu dia a dia:

Ação anti-rugas – Umedeça as pontas dos dedos indicador e médio em azeite de oliva virgem e delicadamente massageie o rosto, fazendo movimentos regulares de baixo para cima e de dentro para fora. Em seguida, lave o rosto. Repita esse procedimento uma vez por semana.

Ação esfoliante – Misture uma colher de sopa de açúcar cristal com algumas gotas de azeite de oliva, de modo que o açúcar se torne uma pasta. Esfregue suavemente o queixo, as laterais do nariz e a testa. Em seguida, lave o rosto.

Ação recuperadora dos fios de cabelos desidratados – Antes de dormir, coloque algumas gotas de azeite de oliva na palma da mão e aplique nas pontas ressecadas. Lave os cabelos normalmente no dia seguinte.

Ação para fortalecer unhas fracas e quebradiças –Mergulhe as unhas em azeite de oliva morno, deixe agir por alguns minutos e massageie delicadamente cada unha.

Ação fortalecedora de cabelos fracos –Misture 2 colheres de sopa de vinagre de maçã, 2 colheres de sopa de mel e 2 colheres de sopa de azeite de oliva. Aplique essa mistura nos cabelos, massageie e coloque uma touca térmica, deixando agir por 20 minutos. Lave os cabelos normalmente. Repita esse procedimento uma vez por semana.

Se as mulheres egípcias pudessem imaginar que sugeria no mundo moderno um derivado de oliva que pudessem agregar água e óleo, o qual chamamos de emulsionante  de maneira esplêndida e contribuindo com um sensorial magnífico. Nossa pessoal, que maravilha não é ?! Pois é estamos falando Olivas Mil quer saber mais dá uma olhadinha aqui! neste LINK

Um abraço e até o nosso próximo post!

Bye, Inês Martins

Visite a Engenharia das Essências

 

 

Cleópatra e os óleos essenciais

[Por Margaret George]

Cleópatra, famosa por sua sensualidade irresistível, já sabia aproveitar todos os benefícios da Aromaterapia há séculos.

Quando ia ao encontro de seu amado Marco Antônio, ela o seduzia de longe: encharcava as velas de suas embarcações em óleo essencial de jasmim e deixava que os ventos anunciassem sua chegada.

Ao espalhar o perfume afrodisíaco pelo caminho, fazia com que seu amante ansiasse ainda mais por sua chegada.

Além disso, conta-se que, nas noites de amor do casal, as criadas da rainha mergulhavam aves em tanques cheios de óleo essencial de rosas para que ao voarem espalhassem o aroma sensual destas flores por todo o aposento.

O resultado disso foi uma das maiores paixões de todos os tempos.

Nota: Indicação do livro: ”As Memórias de Cleópatra”,  autora Margaret George, lançado pela Geração Editorial.