Óleo Essencial Lavanda 40/42 - ANVISA

Produto novo

Óleos essenciais são princípios ativos naturais proveniente de plantas naturais e aromáticas. 

Características principais dos Óleos Essenciais: são voláteis, não contém ácidos graxos, auto conservantes, não emolientes, baixa espalhabilidade, solúveis em álcool, aroma da planta, não umectante e não hidratante.

Óleo Essencial Lavanda 40/42 - MONT BLANC

  • ANVISA número de registro : 25351.408173/2020-75
  • Validade : 05/2023

Informações adicionais:

  • Não testado em animais e sem ingredientes de origem animais, para low poo e no poo,  vegano, não contém: parabenos, sulfatos, perfume artificial, corante artificial , óleo mineral e silicones.
  • Óleo essencial 100 % puro- Embalagem vidro âmbar
  • A Engenharia das Essências não se responsabiliza pela aplicação inadequada do produto, a manipulação do produto é de inteira responsabilidade do manipulador, atente-se as dosagens recomendadas e siga a orientação de um aromaterapeuta
  • Acesse nas imagens o laudo técnico do produto.

Mais detalhes

12 Itens

R$ 46,80

  • 10 ml

Ficha técnica

NCM 33012921

Mais informações

Óleo Essencial Lavanda 40/42 -Mont Blanc

INCI Name: Lavandula angustifolia Oil - CAS Number: 8000-28-0 

Obtenção : Destilação a vapor das flores - Origem : França

Óleo Essencial 100% puro- Embalagem vidro âmbar

A Lavanda é originária da zona mediterrânea européia, oriente e Índia, Desde os tempos antigos foi utilizada como analgésico e antibiótico. Cresce em solos pobres, argilosos, bem drenados e em zonas sub-montanhosas. A melhor Lavanda cresce em altitudes acima de 1.000 metros, ao sol, em solo arenoso, bem drenado ou gredoso. O óleo essencial da lavanda é  produzido e armazenado nas folhas; as glândulas de óleo estão incrustadas no meio da fina penugem que recobre a planta. Os botões da flor são colhidos para processamento quando em plena floração.

Existem cerca de vinte variedades diferentes de Lavanda cultivada,o seu óleo essencial  é um  calmante natural, ajuda a equilibrar os estados emocionais como : histerias e depressões, acalma e relaxa. Sendo um sedativo muito eficaz.

Pertencente a família Lamiaceae,  e ao gênero Lavandula, a espécie L. angustifolia, cujas sinonímias botânicas são a lavandula officinalis e a lavandula vera, popularmente conhecida como lavanda, é encontrada como arbustos de aproximadamente 60 cm de altura, suas folhas são estreitas e a planta pode apresentar pequenas flores azuis,rosa ou até mesmo brancas que medem de 5 a 8 mm de comprimento e 3 a 4 mm de diâmetro. A espécie é nativa da região do mediterrâneo, cultivada principalmente no sul da França, mas seu cultivo se disseminou internacionalmente, possuindo muitos quimiotipos devido à diferença entre os fatores climáticos de onde a planta é cultivada e até mesmo dos fatores genéticos da planta. Atualmente a França é o segundo maior produtor mundial de óleo essencial de lavanda, sendo o primeiro a Bulgária. 

O óleo essencial de lavanda 40/42 ( Mont Blanc) tem como origem as lavandas produzidas na região Mont Blanc ( sudeste da França) , onde há uma padronização dos teores de esteres como acetato de linalila, ou seja não se trata de uma diluição ou adulteração.

O acetato de linalila possui propriedades sedativas. Já o linalol possui diversas atividades biológicas comprovadas, como antiinflamatório, analgésico, ansiolítico, antidepressivo e outros. 

Componentes : acetato de linalila ( 25,00 % a 45,00 %), linalol ( 25,00% a 38,00 %), cariofileno ( 3,00% a 12,00 %), acetato de lavandulila ( 3,40% a 6,40%),eucaliptol ( 1,00% a 2,00%), cânfora ( 0,50 % a 1,00%) .

A lavanda possui efeitos : antiespasmódicos, antissépticos, cicatrizantes, diuréticos, repelente de insetos, preventivo da enxaqueca, auxilia nas dores menstruais, leucorreia, dores de cabeça,  problemas respiratórios, dores nevralgicas, mialgia, queimaduras, eczemas, acne, rosácea,herpes, dores de ouvido, alopecia, insônia, cistite, insuficiência do fluxo da urina e halitose.

Aplicações: banho, inalação, aromatizante, massagem, cosméticos.

Combina com: Louro, Bergamota, Camomila, Citronela, Sálvia Esclareia, Gerânio, Jasmim, Limão, Mandarina, Noz-Moscada, Laranja, Patchouli, Pinho, Tomilho e Alecrim.

CUIDADOS E PRECAUÇÕES:

  • Uso externo.
  • Não usar puro sobre a pele. Usar sempre diluído (como em óleo vegetal ou em bases cosméticas neutras).
  • Se ocorrer irritação, suspenda o uso.
  • Usar sempre em baixa dosagem.
  • Manter fora do alcance de crianças, ao abrigo da luz, calor e umidade.

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais são extraídos de plantas aromáticas por destilação ou, no caso de frutas cítricas, por pressão das cascas de seus frutos. São líquidos de baixa viscosidade, fisicamente parecidos com éter ou álcool. Eles não tem a oleosidade que identificamos nos óleos vegetais, diferenciando-se integralmente do conceito comum de "óleo". Os óleos essenciais são: concentrados, voláteis, que oferecem propriedades medicinais, devido à presença de princípios ativos  que atuam em diversos processos metabólicos, regenerativos e antissépticos. Não conferem apenas odor, tem efetivamente função terapêutica. Os óleos essenciais são verdadeiras joias vegetais que, quando diluídos e aplicados corretamente, são compatíveis com a pele, musculatura, circulação, respiração, enfim, todos os sistemas do corpo salvo a mucosa visual.

Referências Bibliográficas

Andrei, P.; Comune, A. P.; Aromatherapy and its applications. Centro Universitário São Camilo, São Paulo. 2005. Vol 11.

Dias, P. C. M. S.; Utilização de produtos naturais em aromaterapia. 2014. (Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Bragança e à Universidade de Salamanca para obtenção do Grau de Mestre em Farmácia e Química de Produtos Naturais).

Despinasse, Y.;Fiorucci, S.; Antonczak, S.; Moja, S.; Bony, A.; Nicole, F.; Baudino. S.; Magnard, J. L.; Jullien, F.; Bornyl-diphosphate synthase from Lavandula angustifolia: A major monoterpene synthase involved in essential oil quality. Phytochemistry. 2017. Vol 137.

Felipe, L. O.; Bicas, J. L.; Terpenos, aromas e química dos compostos naturais. Química nova. 2017. Vol 39.

Hoferl M.; Krist S.; Buchbauer G.; Chirality influences the effects of linalool on physiological parameters of stress. Planta Med. 2006. Vol 72.

Machado, M.P.; Ciotta, M. N.; Deschamps, C.; Zanette,F.; Cocco, L. C.; Biasi, L. A.; Propagação in vitro e caracterização química do óleo essencial de Lavandula angustifolia cultivada no Sul do Brasil. Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo. Universidade Federal do Paraná. Curitiba, Brasil. 2012

Comodo SSL