Caprilato de Glicerila - Opções

Produto novo

O Caprilato de Glicerila é um agente umectante vegetal com forte ação contra bactérias e leveduras, mesmo em baixas concentracoes.

O Gyceryl Caprylate 100% natural é um auxiliar de processamento interessante em processos de emulsificação. Pode acelerar o processo de emulsificação e economizar tempo na produção, particularmente poderoso em todos os tipos de emulsões. Melhora o desempenho de qualquer sistema conservante em apenas 0,3%. Perfeito para todos os produtos naturais certificados.

Importante :

  • Para uso em produtos à base de água, o caprilato de glicerila requer um solubilizante, uma adição de etanol ou pentilenoglicol pode reduzir a concentração de uso do solubilizante.
  • Índice de Natural : 1.0 /  Vegano / Certificacao Cosmos.

  

Mais detalhes

57 Itens

R$ 25,70

  • 25 gr
  • 100 gr

Ficha técnica

NCM29159039

Mais informações

INCI: Caprilato de Glicerila / Glyceril Caprilate

Validade: 04/2024.

Aparencia : Sólido Branco.

Aplicacoes : Desodorantes, Cosmeticos para cuidado do corpo e pele.

Faixa de pH de atuacao : 4.00 a 7.50

Dosagem de aplicacao : 0.30 % a 0.70 %

Ponto de fusão : 39°C

Incorporação: tolera aquecimento de curto prazo até 80°C

Um modo diferente de ação é encontrado noutro proeminente grupo de moléculas multifuncionais, os monoésteres de glicerila. Alguns desses tensoativos multifuncionais possuem propriedades anfifílicas e excelente desempenho microbiológico. A estrutura das moléculas é otimizada para levá-las para o interior da membrana da célula de micróbios, e desestabiliza esta membrana devido à presença de uma estrutura de cadeia longa incompatível  A chave é descobrir moléculas com estruturas adequadas. Além disso, as moléculas precisam ser solúveis e, portanto, disponíveis na fase aquosa ou na interface entre as fases aquosa e oleosa, além de conseguirem penetrar na camada mais externa da membrana. Depois disso, as moléculas irão deteriorar a estabilidade da membrana e, por fim, rompê-la completamente. Para aumentar a atividade contra fungos, pode ser acrescentado um agente de ação mais rápida, como determinados ácidos orgânicos.

 A função primária desses monoésteres de glicerila é a hidratação e a refração da pele. Para evitar a necessidade de alterar uma formulação básica existente, o formulador e o fornecedor devem discutir as funções adicionais dessas matérias-primas e seu possível impacto sobre a formulação.

Formulações de cosméticos que fazem apelos de “natural” podem ser efetivamente conservadas com monoésteres de glicerila. Ao mesmo tempo em que são produzidas a partir de fontes sustentáveis, que ocorrem na natureza, estão em conformidade com as exigências dos institutos europeus de certificação (BDIH, Ecocert e OSA).

Armazenamento : local seco e protegido do calor direto e da luz solar.

Referências Bibliogräficas

1. Seventheenth Roport of the Joint FAO/WHO Expert Committee on Food Additives, World Health Organization Techinical Report Series, No 539, 1974

2. FAO Nutrition Meetings Report Series, No 53, 1974

3. JJ Kabara. Fatty acids and esters as multifunctional components, In Preservative-Free and Self-Preserving Cosmetics, Drugs. JJ Kabara and DS Orth. eds, New York: Marcel Dekker, p 131, 1997

4. JC Meng. New antimicrobial mono, sesquiterpenes from Soroseris hookeriana subsp Erysimoides, Planta Med (66):541-544, 2000

5. AC Dweck. Natural preservatives, Cosmet Toil 118(8):45-50, 2003

6. AC Dweck. An update on natural preservatives, Personal Care 6(4):11-15, 2005

7. DS Orth, DC Steinberg. The safety factor in preservative efficacy testing, Cosmet Toil 118(4):51-58, 2003

8.G Bergsson. In vitro inactivation of Chlamydia trachomatis by fatty acids and monoglycerides, Antimicrob Agents Chemother (42):2290-2294, 1998

9. DS Orth, JJ Kabara. Preservative-free and self-preserving cosmetics and drugs, Cosmetic Toil 113(4):51-58, 1998

10. D Smith, W Petersen. The self-preserving challenge, Cosmet Toil 115(5):67-74, 2000

11. O Cozzoli. The role of surfactants in self-preserving cosmetic formulas, In: Preservative free and Sefl-preserving Cosmetics and Drugs. JJ Kabara, DS Orth, eds, New York: Marcel Dekker, pp 110-11, 1997

12 J Woodruff. Getting the balance right, SPC (9):51-54, 2006