Extrato SECO SOLÚVEL de  AGRIÃO - Opções Ver maior

Extrato SECO SOLÚVEL de AGRIÃO - Opções

Produto novo

Extrato SECO SOLÚVEL DE AGRIÃO

Solvente de Extração: Água

Nome Científicio  : Nasturtium officinale W.T. Aiton

Família : BRASSICACEAE

Parte Utilizada :  Folha e Talo

Método de Produção : Secagem por Spray Dryer

Excipiente : Matodextrina

Maltodextrina é um derivado do milho, arroz, batata ou trigo, ou seja é um carboidrato  carboidrato pó branco hidrossolúvel.

Informações adicionais: não testado em animais e sem ingredientes de origem animais, para low poo e no poo,  vegano, não contém: parabenos, sulfatos, perfume artificial, corante artificial , óleo mineral e silicones.

Mais detalhes

11 Itens

R$ 12,30

  • 50 gr

Ficha técnica

NCM 13021999

Mais informações

Extrato seco, também conhecido como extrato em pó, é obtido a partir de processos de extração dos princípios ativos de uma planta ou de um fruto. Para obter o extrato seco de uma planta ou fruta é necessário que o material passe por um processo conhecido como Spray Drying ou Atomização. Inicialmente, a planta fica macerando em uma solução líquida, que pode conter algum tipo de solvente(água). É como se fossemos fazer um chá superconcentrado. Neste líquido, todas as substâncias ativas permanecem íntegras e em quantidades elevadas. Finalizada esta etapa, o produto segue para a atomização, ou seja, vai para a secagem em um equipamento , no qual o líquido se evapora e o material vira pó, ou o extrato seco.

Diferença entre extrato seco e pó

Apesar de o extrato seco ser muitas vezes chamado de pó, por conta de seu aspecto físico, existem algumas diferenças entre ele e o pó da planta, a começar pelo processo que é muito mais complexo no primeiro caso. Já o pó é obtido através da moagem da planta seca inteira ou de uma de suas partes, de maneira bem mais simples. Importante destacar  que o extrato seco apresenta inúmeras vantagens com relação à forma fluída  como : menor espaço de armazenamento, estabilidade e facilidade de padronização dos princípios ativos presentes nas plantas.

Agrião 

O agrião é originário do sudeste da Ásia, e vem sendo utilizado há vários séculos na Europa, principalmente por gregos e romanos, que apreciavam banquetes ricos em especiarias e saladas picantes. 

O agrião é uma hortaliça tipo folha, rica em vitamina C, sais minerais e rico em ferro com teor superior que o teor de ferro presente na couve e o espinafre , lembranado que os talos do agrião são ricos em iodo

Propriedades : cicatrizante, suavizante, antisséptico.

Aplicações :cremes, loções cremosas, em shampoos, máscaras, cremes para banho, tônicos capilares, etc.

Comodo SSL