Óleo Essencial de BERGAMOTA - ANVISA

Produto novo

Óleos essenciais são princípios ativos naturais proveniente de plantas naturais e aromáticas. Características principais dos Óleos Essenciais: são voláteis, não contém ácidos graxos, auto conservantes, não emolientes, baixa espalhabilidade, solúveis em álcool, aroma da planta, não umectante e não hidratante. 

Informações adicionais:

  • A Engenharia das Essências não se responsabiliza pela aplicação inadequada do produto, a manipulação do produto é de inteira responsabilidade do manipulador. A superdosagem pode causar dermatites e intoxicação. 
  • Validade: 04/2024
  • Anvisa número de registro: 25351.326195/2021-07
  • Óleo essencial fotossensível evitar a exposição solar em até 6 horas de sua aplicação em geis ou cremes de massagens.
  • Acesse a cromatografia do lote no banco de imagens.

Mais detalhes

54 Itens

R$ 32,80

  • 5 ml

Ficha técnica

NCM33011990

Mais informações

A Bergamota (Citrus bergamia) é um fruto cítrico que cresce quase que exclusivamente no sul da Itália, na região da Calabria. A origem do nome Bergamota é motivo de muitas discussões, alguns apontam que o nome deriva da cidade de Bérgamo ao norte da Itália, cidade onde teria ocorrido a primeira comercialização desta fruta. Outras apontam que o nome deriva da palavra turca "beg-armūdi", que significa "pera do príncipe", devido à semelhança com a chamada bergamota (Prynus communis).

Este fruto é considerado o "príncipe dos cítricos", uma vez que ganhou notoriedade no mundo da perfumaria graças ao aroma delicado e refrescante do seu óleo essencial. Não foi por acaso que este óleo está entre os componentes de um perfume conhecido mundialmente , o Eau de Cologne (Água de Colônia) criado pelo italiano Johann Maria Farina (1685-1766), que nomeou o perfume em homenagem à cidade onde residia, Colônia (Alemanha), Farina ao criar a fórmula escreve ao seu irmão dizendo que "encontrei uma fragrância que me lembra uma manhã de primavera italiana, de narcisos da montanha e flores de laranjeira depois da chuva". A Eau de Cologne continha uma base de etanol diluído (70% a 80%), uma mistura de cítricos (limão, laranja, tangerina, clementina, bergamota, toranja, laranja sanguínea e laranja amarga).

Outra presença marcante do óleo essencial de bergamota data de 1831 o celebrado chá Earl Grey, nome dado em homenagem ao primeiro ministro inglês Charles Grey, infusão que combina os sabores do chá preto e da bergamota, que encanta o paladar de muitos amantes pelo mundo.

Obtenção: prensagem a frio.

Origem: Itália

Nome botânico: Citrus bergamia 

Família botânica: Rutaceae

Principais componentes: acetato de linalila, limoneno, linalol.

Propriedades: antisséptico (respiratório e geniturinário), antidepressivo , antiespasmódico, carminativo, diurético, germicida, tônico digestivo, rubefaciente, vermífugo, vulnerário. 

Cuidados: Trata de um óleo fotossensibilizante, evitar a exposição solar quando utilizado em massagem, não deve ser usado puro sobre a pele.

Óleo Essencial de Bergamota X Óleo Essencial de Laranja Doce - Ambos pertencem à família Rutaceae trazem alegria e leveza para quem o utiliza, bem como alto astral para o ambiente. Por outro lado, enquanto o óleo da bergamota é mais calmante (presença de ésteres como acetato de linalila), o óleo essencial de laranja traz equilíbrio de uma forma diferente, com movimento e energia, lembrando que o óleo de laranja, tanto da variedade doce quanto amarga, libera a energia estagnada no corpo, ajudando a ter mais serenidade e tranquilidade para lidar com emoções fortes e destrutivas, como a raiva e o ódio, o óleo de laranja auxilia a aliviar o estresse, o nervosismo e a depressão, sendo indicado para usar de manhã ou à tarde. Já o de bergamota, também pode ser usado de dia, é indicado para uso à noite, para um sono mais tranquilo, além de auxiliar nos quadros de ansiedade e depressão.