OLIVEM®400 - Tensoativo da Oliva - Opções

Produto novo

INCI Name : Sodium PEG 7 Olive Oil Carboxylate 

Origem : Vegetal - Aparência : Liquido

Tensoativo aniônico (sem conservante) derivado da óleo de oliva  com alto poder de limpeza menos irritante e agressivo que outros tensoativos aniônicos quando associado com outros tensoativos anfotéricos ou não iônicos reduz a irritação. Compatível com a pele, apresenta propriedade de limpeza suave e uma boa emoliência após seu uso. Desse modo pode ser utilizado em shampoos, sabonetes, loções, óleos corporais  e géis de limpeza, contém aspectos favoráveis higienizante, solubilizante e espessante, e seu poder estabilizante o deixa apropriado ao uso em valores extremos de pH, como 3 a 8 .

Importante : Não testado em animais e sem ingredientes de origem animais, para low poo e no poo, não contém: parabenos, sulfatos, perfume artificial, corante artificial , óleo mineral e silicones.

Uso externo- Não utilizar puro

Mais detalhes

33 Itens

R$ 14,60

  • 100 gr
  • 500 gr
  • 1 kg

Ficha técnica

NCM 34029019

Mais informações

Oliva

O fruto da oliveira tem como origem Itália (Mediterrâneo),para obtenção de seu produto, são necessárias baixas temperaturas. Ele se apresenta nas cores verde e amarela, entre suas propriedades podemos citar : emoliência e ação antioxidante devido a presença de ácidos graxos essenciais  e esqualeno vegetal .

Na cosmetologia, seus derivados são utilizados como ativos antioxidantes, prevenindo envelhecimento, promovendo ação cicatrizante e antimicrobiana, auxiliando no tratamento e na prevenção da acne e de outras inflamações cutâneas, e, por possuir ações suavizante e emoliente, previne o  o ressecamento da pele e dos cabelos.

A primeira aplicação foi para um tratamento de esclerodermia localizada, considerada uma doença autoimune, que causa inflamação crônica do tecido conjuntivo. Existem dois tipos de esclerodermia, a localizada e a sistêmica. A sistêmica afeta os órgãos internos, enquanto a localizada afeta a pele e, em alguns casos, os músculos. A ação da oliva foi satisfatória; a partir desse fator, foi cogitada a inserção da oliva em cosméticos, visando não só ao antienvelhecimento como também ao tratamento de queimaduras, inflamações superficiais e eczemas.

A oliva é composta de 70% de ácido oleico, um ácido graxo (ômega 9), que tem propriedades muito importantes, trazendo emoliência, lubricidade e nutrição, utilizado também em protetores solares, bronzeadores e produtos pós-sol, pois tem capacidade de regenerar e proteger a pele de possíveis danos atribuídos aos raios solares. Os ácidos graxos formam uma classe de compostos orgânicos que compõem o lipídeo. Eles estão presentes na membrana celular, na epiderme, camada mais superficial da pele, protegendo, formando uma barreira, evitando a desidratação. Dessa forma, a oliva é um componente biocompatível com a pele, sendo uma grande vantagem sua inserção nos cosméticos.

 Olivem 400® 

INCI: Sodium PEG-7 Olive Oil Carboxylate  - Origem : Vegetal - Aparência : Liquido - HLB ; 16-18

Surfactante compatível com a pele, (sem conservante) derivado da óleo de oliva  com alto poder de limpeza menos irritante e agressivo que outros tensoativos aniônicos quando associado com outros tensoativos anfotéricos ou não iônicos reduz a irritação. Compatível com a pele, apresenta propriedade de limpeza suave e uma boa emoliência após seu uso. Desse modo pode ser utilizado em :  shampoos, sabonetes, loções de limpeza, óleos corporais  e géis de limpeza, contém aspectos favoráveis higienizante, solubilizante e espessante, e seu poder estabilizante o deixa apropriado ao uso em valores extremos de pH, como 3 a 8 .

Dosagem de aplicação : 5 a 20 %.

Referências Bibliográficas

  • ABIHPEC. Higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.
  • AMARI, S.; SCHUBERT, C. Natural emulsifier for cosmetics based on olive oil. U.S. Patent n. 7, p.736, 662, Washington, 15 jun. 2010.
  • BARBIZAN, F.; FERREIRA, E. C.; DIAS, I. L.T. Sabonete em barra produzido com óleo de oliva (Olea europaea L.) Como proposta para o desenvolvimento de cosméticos verdes. Biofar, Rev. Biol. Farm., Campina Grande, v. 9, n. 1, p. 1-6, 2013.
  • CRISTONI, A. et al. Olive fruit extracts for skin health. In: TABOR, A.; BLAIR, R. M. (Edits.). Nutritional Cosmetics: Beauty from Within. Elsevier, p. 233-244, 2009.
  • MORSELLI, L. N. S. Estudos de pré-formulação e desenvolvimento de cosméticos Dimora Del Sole. 2014. 86f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia-Bioquímica) – Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” (UNESP), Araraquara. 2014.
  • SOUZA, A. C. et al. Massagem ayurvédica na revitalização cutânea facial com princípios de origem vegetal. 2008. 94f. Trabalho

Comodo SSL